YouTube HDTV

Loading...

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Como são as férias do bilionário dono do Facebook?

Turismo, gincanas, caminhadas e um lugar um tanto exótico para passar o fim de ano.

Nada como passar o fim de ano comendo um bom churrasco na praia, seja com os amigos ou mesmo em família. Além disso, algumas tradições como aquele tio “divertido” que faz a velha piada do pavê não podem faltar.


Mas e se você fosse dono da maior rede social do mundo, o que faria nas férias? Mark Zuckerberg resolveu (tentar) se esconder de tudo e de todos, pegou a sua namorada Priscilla Chan, alguns amigos, um time de seguranças e partiu rumo ao Vietnã.


Mas não pense que ele abriu mão do luxo e das mordomias. O Natal, por exemplo, foi comemorado em um passeio de barco que contava inclusive com uma miniatura de árvore em sua decoração.Tudo isso, após conhecer a capital Hanói em um comboio fechado e superseguro.


Depois das festividades, o casal partiu de helicóptero para o hotel Topas Ecolodge localizado nas montanhas, onde além de uma vista incrível, os hóspedes encontram também diversas trilhas para a realização de ecoturismo.


Entretanto eles não buscaram só pela tranquilidade das caminhadas. Isso porque foram organizadas verdadeiras gincanas de televisão com as mais diversas provas, como escalar um poste ou perseguir cabras com os olhos completamente vendados.


Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/mark-zuckerberg/17062-como-sao-as-ferias-do-bilionario-dono-do-facebook-.htm#ixzz1hscUTo18

Novas tecnologias aumentam desafios da segurança em 2011

Redes sociais, mobilidade e cloud obrigaram os CSOs a repensar a proteção dos dados. Veja as 10 reportagens mais lidas este ano sobre esse tema.




Acostumadas a criar barreiras para proteger ambientes internos, as companhias estão sendo atropeladas por um grande movimento que está vindo de fora para dentro. É o provocado pelo uso de novas tecnologias, como os dispositivos móveis e cloud computing, e pela popularização das redes sociais, que fazem com que os dados estejam em qualquer lugar. 

São novidades que trazem benefícios aos negócios, mas que também aumentam os riscos de segurança da informação. Esse novo cenário está exigindo mais dos Chief Security Officers (CSOs) e dos CIOs, que estão sendo obrigados a repensar a segurança corporativa, aprimorar a governança e adaptar as políticas à realidade do momento: habitar um mundo sem fronteiras.

Veja a seguir as dez reportagens de segurança da COMPUTERWORLD mais lidas em 2011 e que abordaram mecanismos de proteção para esse novo mundo: 

Estudo da Unisys mostra que, no Brasil, 92% dos profissionais usam ao menos um dispositivo pessoal na empresa, colocando em risco a segurança dos dados estratégicos.

2- Redes sociais: proibir ou orientar o uso corporativo correto?Estabelecer que tipo de informação pode ser abordada e ainda permitir o acesso de quem precisa do contato com os consumidores são algumas saídas. 
 
3- Segurança: o impacto da mobilidade, redes sociais e nuvem O novo cenário exige mais dos Chief Security Officers (CSOs) e dos CIOs, que estão sendo obrigados a repensar a proteção corporativa.

4- Mobilidade: mais produtividade e menos segurança?Mapear e saber onde estão os riscos e mitigá-los pode diminuir a dor de cabeça com o uso de dispositivos móveis.

5 - Segurança do IPv6 adia migração para protocolo de internet Contar com fornecedores confiáveis é a melhor saída para empresas deixarem para trás preocupação com proteção da rede.

6 - Firewalls nunca ou raramente são auditadosResultados de estudo recente da Tufin são desanimadores, especialmente considerando as consequências potenciais de processos inadequados no gerenciamento.

7- Sistemas críticos abrem brechas para ciberataques Ataque que destruiu bomba de água de prestadora de serviços dos EUA chama a atenção das autoridades para evitar graves acidentes.

8- Empresas têm falsa sensação de segurança, aponta estudoLevantamento indica que a grande maioria dos executivos de tecnologia e de negócios confia em suas políticas de segurança.

9- Novas ameaças de segurança que devem tirar o sono dos CSOsSmartphones, redes smart grid, GPS e mídias sociais vão chamar mais atenção dos criminosos no próximo ano, alertam especialistas.
10 - Segurança corporativa: dez mandamentos para 2012É possível adaptar as políticas de TI e segurança para proporcionar mobilidade e produtividade sem deixar de administrar riscos.