YouTube HDTV

Loading...

terça-feira, 22 de novembro de 2011

D*Dynamic: a casa transformer que se adapta a qualquer situação


Conceito modular faz casas móveis futuristas parecerem coisa do passado.

Assista o vídeo: http://vimeo.com/30108578

Construções capazes de se mover não são uma grande novidade nos tempos atuais. Várias delas estão espalhadas pelo mundo e têm um objetivo comum: aproveitar ao máximo a luz do sol. No entanto, geralmente isso é bastante limitado pela arquitetura do projeto, que permite apenas a rotação da casa como um todo, obrigando o morador a escolher o cômodo que ficará “no escuro”.
Para contornar esse problema, a empresa D*Haus criou um conceito de casa pré-fabricada que funciona em módulos. No lugar de agir como um girassol, girando em torno de um eixo fixo, a D*Dynamic, como é chamada, é capaz de mover seus cômodos separadamente. Assim, eles podem ser posicionados de forma a receber a maior quantidade de luz solar possível.

Uma casa “oito em um”

O funcionamento da D*Dynamic é focado em sua capacidade de adaptação extrema. Em um primeiro olhar, a casa pode parecer completamente comum, mas sua construção baseada em quatro módulos geométricos permite que, com a ajuda de uma série de trilhos e um motor potente, os cômodos se combinem, criando uma nova casa.
As formas que a casa pode atingir são as mais inusitadas possíveis, fazendo com que ela lembre um tangram gigante, quando visto de cima. Veja a imagem logo abaixo para conferir os oito “modos de transformação” da construção.


Por mais interessante que a ideia de movimentação possa ser, ainda existem vários problemas a serem resolvidos no projeto: ter uma construção de várias toneladas saindo de controle pode ser algo extremamente perigoso. Logo, a empresa precisa encontrar uma forma de permitir o movimento constante de cada um dos módulos, sem danificar os trilhos ou as dobradiças usadas no deslocamento.



Janelas, muitas janelas

Para assegurar que haja o máximo aproveitamento dos raios do sol, confiar apenas na capacidade de adaptação da D*Dynamic não seria suficiente. Então, a construção conta com várias janelas enormes em cada um de seus módulos, tão grandes que ocupam uma parede completa com facilidade. Nem mesmo as portas escapam: elas poderiam se passar por perfeitas janelas para um desavisado, uma vez que são completamente feitas de vidro.


O efeito disso é bastante impressionante: a sensação de quem olha para dentro da D*Dynamic é a de ver um único grande cômodo, quando na verdade são vários deles separados por duas grossas camadas de madeira e vidro. Mais do que isso, permite que a luz atravesse a casa por completo de todos os lados possíveis, o que resulta em um ambiente bem iluminado até as últimas horas do dia.
.....
Ter uma casa capaz de se mover de forma tão complexa pode ser uma experiência não só divertida, como bastante útil para economizar na conta de luz no fim do mês. Mas será que uma ideia assim realmente vai se tornar o futuro das construções ou isso não passa de um projeto utópico?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça aquí o seu comentário...